8 erros críticos de comércio eletrônico para evitar ao vender on-line

Administrar um negócio é como escalar uma montanha.

Às vezes você está em cima e para cima, e outras vezes você atinge obstáculos que impedem o seu progresso. Como um alpinista, você precisa das ferramentas certas, experiência e determinação para chegar ao topo.

É por isso que é importante se preparar para o sucesso, evitando erros comuns que outros empreendedores cometem em sua jornada de comércio eletrônico.

Desde escolher a plataforma errada de comércio eletrônico até não considerar a experiência do usuário, neste blog você aprenderá quais erros evitar – e como se preparar para o sucesso do comércio eletrônico. 

Se você tem grandes sonhos para desenvolver seu negócio de e-commerce, confira esses 8 erros críticos de e-commerce para evitar ao vender on-line.

ERRO # 1: ESCOLHENDO A PLATAFORMA DE COMÉRCIO ELETRÔNICO ERRADA

Se você está apenas começando o seu negócio de e-commerce ou se você tem uma loja on-line há algum tempo, sua plataforma de comércio eletrônico pode realmente fazer (ou quebrar) o seu negócio.

Sua plataforma de comércio eletrônico não apenas determina como você exibe seus produtos e os vende para os clientes, mas também desempenha um papel em como você atrai usuários e como você dimensiona seus negócios ao longo do tempo.

Depois de ter um plano de negócios, você precisará considerar vários fatores ao escolher uma plataforma de comércio eletrônico , como:

  • Quais produtos você pretende oferecer
  • Como você planeja expandir seus negócios
  • Quanto controle você quer ter sobre seu site
  • Quais ferramentas a sua plataforma precisa integrar
  • seu orçamento
  • Se você quer um design com modelo ou um design personalizado
  • Que tipo de experiência seus clientes procuram

Evite erros caros

A última coisa que você quer é escolher uma plataforma que limite o crescimento do seu negócio, uma que não se integre aos sistemas existentes, ou ofereça o nível de controle e personalização que você deseja.

A escolha da plataforma errada de comércio eletrônico pode levar a uma série de problemas, como perda de receita, redução de conversões, redução de tráfego, problemas de segurança, design inadequado e muito mais.

Esse erro crítico pode significar ter que investir ainda mais tempo, dinheiro e energia para atualizar sua plataforma ou migrar para outra completamente diferente.

Certifique-se de levar o seu tempo ao escolher a plataforma de comércio eletrônico certo para o seu negócio online.

ERRO # 2: NÃO DEFININDO E ENTENDENDO SEU PÚBLICO ALVO

Você tem produtos, tem um plano de negócios e tem um site – o que mais você poderia precisar?

Infelizmente, simplesmente ter uma oferta e um lugar para lançar isso não é suficiente para realmente ter sucesso com o comércio eletrônico (ou qualquer tipo de negócio, na verdade).

Um dos maiores erros que um empresário pode cometer é não definir claramente seu público-alvo e dedicar um tempo para entender o que o faz funcionar.

Você precisará mergulhar fundo na pesquisa de mercado para garantir que:

  1. seu público realmente precisa do seu produto
  2. você sabe como comunicar sua oferta na linguagem que eles vão entender
  3. você pode desenvolver uma estratégia de marketing que coloque seu público-alvo em foco

Definir e entender seu público-alvo ajudará você a criar uma experiência que ressoa com eles e uma mensagem de marca que os estimule a comprar uma e outra vez.

Aproveite o tempo para entender seu cliente ideal

Em todas as áreas do seu negócio B2C ou B2B, você quer manter seu cliente ideal em mente. Para criar um perfil de quem é esse “cliente”, você precisará conduzir uma pesquisa de mercado.

Esta pesquisa envolve tipicamente:

  • Aprendendo os pontos problemáticos de seus clientes
  • Ouvir quais soluções eles tentaram no passado (e porque eles não trabalharam)
  • Saber quais valores são importantes para eles
  • Descobrir onde e como eles se envolvem com o conteúdo on-line
  • Testando que tipo de linguagem ressoa com eles
  • Endereçando os problemas que seus produtos resolvem para eles

Com essas informações, você estará mais bem posicionado para colocar seus produtos na frente das pessoas certas e comunicar por que seus produtos se destacam dos de seus concorrentes.

ERRO # 3: NÃO UTILIZAR UM DESIGN DE SITE ESCALONÁVEL

A seleção da plataforma de e-commerce correta estabelece as bases para o sucesso do seu negócio. Isso inclui a utilização de um design de site que é configurado para crescimento futuro.

Não cometa o erro de pensar pequeno. Se você tem a visão de expandir para novos mercados, integrar recursos complexos e oferecer uma variedade maior de produtos, seu website deve ser configurado para acomodar isso.

Certifique-se de discutir suas opções com o representante da sua plataforma de comércio eletrônico e / ou seu desenvolvedor da Web para garantir que o design do seu site possa evoluir à medida que sua empresa cresce. Se não o fizer, poderá enfrentar alguns obstáculos caros (e demorados) no futuro.

ERRO # 4: NAVEGAÇÃO COMPLEXA E POBRE UX

Seu site de comércio eletrônico deve ser uma colaboração entre funcionalidade e design. Você não apenas deseja que seu site tenha uma boa aparência, mas também quer converter os usuários em clientes pagantes.

Se a navegação do seu site usar termos confusos, se seu conteúdo for difícil de encontrar ou se determinados recursos não estiverem funcionando corretamente, os usuários ficarão frustrados e irão para outro lugar.

Para evitar isso, trabalhe com um especialista em experiência do usuário para otimizar seu site para navegação suave e uma experiência de usuário agradável para seus clientes. Isso ajudará os usuários a encontrar as informações que estão procurando com mais rapidez, o que significa mais vendas para você.

ERRO # 5: CONTEÚDO DO SITE NÃO É CRO OU SEO-FRIENDLY

Se o seu negócio de e-commerce depende do tráfego orgânico para atrair clientes, o conteúdo do site deve ser escrito com o usuário e o SEO em mente.

Muitas empresas cometem o erro de tratar seu conteúdo como algo secundário – não reconhecendo que cada conteúdo é uma oportunidade para atrair mais tráfego e converter clientes.

Desde a sua página inicial até as descrições dos produtos, você precisa oferecer conteúdo que seja adequado ao seu público-alvo, seja otimizado para o tráfego dos mecanismos de pesquisa e estimule os usuários a comprar seus produtos.

Se você trabalha com uma agência de SEO ou está fazendo a rota DIY, vale a pena investir em conteúdo SEO e CRO-friendly. Isso significa utilizar as palavras-chave corretas e de alta qualidade para o seu nicho e escrever a cópia que foi feita para vender.

ERRO # 6: PROCESSO DE CHECK-OUT COMPLICADO

Depois que os usuários passarem pelas etapas iniciais do seu funil de vendas, é hora de fechar o negócio. Infelizmente, este é um momento em que muitas empresas de e-commerce veem carrinhos abandonados.

Isso pode acontecer por uma variedade de razões – principalmente o processo de check-out é simplesmente confuso.

Se seus clientes são deixados à toa durante o processo de check-out, eles provavelmente ficarão frustrados e desistirão antes de fazer uma compra.

Mantenha simples

Para aumentar as conversões, torne o processo de checkout o mais simples possível.

Não exija que os clientes configurem uma conta antes de comprar um produto. Receba seu dinheiro primeiro e adicione-o à sua lista de e-mail. Elimine quaisquer obstáculos no seu caminho.

A cópia do site deve ser clara, detalhada e concisa. Este não é um lugar para linguagem peculiar, como “Pronto para obter poppin” ou “Pague, amigo!” Descreva os passos exatos que eles precisam tomar para fazer uma compra. Os botões devem ser grandes e atraentes.

Por fim, certifique-se de que você não está atingindo nenhum termo ou taxa inesperada. Tudo deve ser definido desde o começo. Fazer uma compra envolve um grau de confiança e você não quer dar aos clientes qualquer motivo para pensar que você está sendo furtivo ou com spam.

ERRO # 7: NENHUMA MENSAGEM DE MARCA OU IDENTIDADE FORTE

Um produto não faz uma marca.

Embora a Nike possa ser conhecida por seus calçados, eles dedicaram-se ao trabalho para criar uma forte identidade de marca, logotipo e mensagem. O “swoosh” da Nike é reconhecido em todo o mundo e seu slogan “Just Do It” é simples, icônico e motivador.

Não cometa o erro de pensar que seus produtos são bons o suficiente para se vender. Para criar um negócio próspero, você precisará cultivar uma identidade de marca forte que seja relacionada ao seu público e seja propícia à conscientização da marca viral.

Seja autêntico, seja consistente

Se você fez sua pesquisa de mercado, você deve ter uma idéia sólida do que seu público está procurando e que tipo de linguagem fala com eles. Então é só uma questão de ser consistente e inabalável em suas mensagens.

Se a sua marca representa alta qualidade, confiabilidade, diversão, acessibilidade, etc., esses valores devem ficar evidentes em todo o seu conteúdo, branding e marketing.

Ter uma forte identidade de marca aumenta a lealdade do cliente e aumenta seu potencial de conscientização generalizada da marca.

ERRO # 8: SERVIÇO AO CLIENTE RUIM

O atendimento ao cliente inclui muitas coisas diferentes.

Inclui como você responde às mensagens do usuário através do seu site. É como você responde a perguntas e comentários em mídias sociais. É como você aborda as reclamações dos clientes pelo telefone e via e-mail. É qualquer interação que você tenha com um cliente que exija sua atenção e suporte.

O suporte insuficiente ao cliente (incluindo o tempo de resposta lento, a impaciência, a não oferta de reembolsos, etc.) é o caminho mais seguro para perder clientes existentes e impedir novos.

Esteja presente quando eles precisarem de você

Você deve estar acessível a seus usuários e clientes em todas as etapas do seu processo de vendas – desde a aquisição de informações, o check-out e o acompanhamento. Isso garante que eles não tenham nenhum problema ou, se o fizerem, você poderá resolvê-los de maneira rápida e profissional.

Se você demorar uma eternidade para responder, confiar em respostas automatizadas, enviar respostas com apenas uma palavra ou ter uma atitude de “azar”, você criará uma longa trilha de clientes insatisfeitos.

Seus clientes são a força vital do seu negócio. Não apenas é mais fácil e mais lucrativo manter um cliente existente, mas a probabilidade de ele enviar mais negócios para você aumenta quando você oferece atendimento ao cliente incrível.

EVITE ESSES ERROS COMUNS DE E-COMMERCE PARA VENDER MAIS E CRESCER ON-LINE

Você quer subir acima dos seus concorrentes e chegar ao topo da sua indústria. Para fazer isso, você precisa aprender com os erros dos outros, mantendo o olho no prêmio.

Ao estar ciente das armadilhas mais comuns que os outros empreendedores experimentam no comércio eletrônico, você pode evitar custos inesperados e o desperdício de tempo em seus negócios.

Não apenas você terá certeza de que o seu site de comércio eletrônico será otimizado para o sucesso, mas também criará seguidores felizes e leais, entusiasmados por comprar seus produtos uma e outra vez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.